22/09/15

Refugiados (4)

Abrir fogo sobre os refugiados é desmantelar a UE e acolher o fascismo.

1 comentários:

jose guinote disse...

É notável a duplicidade da União Europeia. Ao mesmo tempo que mostra uma intransigência feroz com os Estados sujeitos a resgate, como aconteceu com a Grécia, exibe uma condescendência chocante com o Governo pró-fascista húngaro. Admitir sem a ameaça de expulsão imediata que um Governo da União mande disparar sobre os refugiados é assassinar a ideia de Europa.