27/09/11

Morales recua e incrimina a polícia

Cresce a tensão na Bolívia e Evo Morales é obrigado a recuar, incriminando agora a acção da polícia e declarando-a "imperdoável", perante os protestos populares. Aqui fica a peça que se pode ler no Público.es sobre o assunto.

El presidente boliviano, Evo Morales, ha decidido suspender por ahora la construcción de una carretera que iba a atravesar una reserva amazónica en el centro del país, mientras las dimisiones se suceden en su Gobierno.

Dos días después de que la Policía cargara contra una protesta indígena opositora al proyecto, son ya tres los funcionarios que han renunciado. Aunque había asegurado en repetidas ocasiones que la carretera sería construida "sí o sí", el mandatario boliviano se ha visto desbordado por la repercusión que ha tenido la intervención policial contra una marcha indígena de 1.500 manifestantes, que avanzaba hacia La Paz desde el pasado 15 de agosto.

El ministro de Gobierno, Sacha Llorenti, ha señalado como responsable de la agresión al viceministro de Régimen Interior, Marcos Farfán, quien ya ha presentado su renuncia. Llorenti ha añadido que lo ocurrido se debió al consejo de "malos" mandos policiales, que serán sancionados. Además del viceministro, también abandonaron su cargo la directora de Migración, María René Quiroga, y la ministra de Defensa, María Cecilia Chacón.

Abrumado por los acontecimientos, Morales ha calificado la acción de la Policía como "imperdonable" y ha prometido la creación de una comisión especial con representantes de organismos nacionales e internacionales para investigar los incidentes. "No comparto la medida de intervención de la marcha que ha asumido el Gobierno y no puedo defender o justificar la misma".

El presidente boliviano ha afirmado que no había ordenado a la Policía que cargara contra la marcha y ha asegurado que la construcción de la carretera se detiene hasta que se celebre un referéndum en Beni y Cochabamba, los departamentos que comunicaría la carretera. Los indígenas, descontentos, reanudarán la caminata, ya que la decisión de suspender el proyecto es sólo temporal.

La ruta, cuyo trazado prevé la partición en dos del Territorio Indígena Parque Nacional Isiboro Sécure (Tipnis), iba a servir de corredor interoceánico para comunicar zonas de Brasil y de Perú, según el Gobierno. Para los indígenas, la carretera es una aberración ecológica y social muy dañina para las comunidades que viven en el Tipnis, asediadas por productores de coca que han ocupado el terreno para plantar sus cultivos.

11 comentários:

Ricardo S. Coelho disse...

Uma outra visão (complementar) do que se passa:
http://mrzine.monthlyreview.org/2011/fuentes250911.html
Do que tenho lido, não me parece que o caso seja tão simples como "Morales vs indígenas que o elegeram". Estão a haver consultas públicas e vão-se realizar referendos locais, veremos qual é o resultado de tudo isto. A meu ver, é complicado até para um ecologista como eu ter uma posição firme sobre isto porque os benefícios da estrada são muito consideráveis, inclusive os benefícios ambientais.

Miguel Serras Pereira disse...

Caro Ricardo S. Coelho,
creio que, na realidade, a questão da estrada não é simples e exige discussão. Mas o que está em causa, independentemente do conteúdo "ecológico" ou outro em debate, são as próprias existência e modalidades deste. A questão política fundamental que aqui se levanta não é a de ajuizarmos do acerto ou desacerto desta ou daquela medida, mas a da democratização versus estatização do poder dos cidadãos organizados. Não é preciso estar cem por cento de acordo com as posições dos que protestam contra a abertura da estrada para defender sem hesitações o seu direito a não serem objecto de medidas policiais.
Parafraseando Rosa: a liberdade é sempre a de quem pensa de outro modo. Ou ainda: mais vale uma decisão errónea democraticamente tomada através da participação organizada do conjunto dos cidadãos do que a melhor verdade administrativamente ou manu militari imposta pelo governo, grande líder, conselho de ministros, supremo sacerdote ou comité central.

Saudações democráticas

msp

Anónimo disse...

No meu modesto entender, deve-se tentar ver as coisas como subtis manipulações em torno do cartel do Ouro Negro e Gaz,a nivel Intercontinental,claro, e demiúrgicos balanceamentos em torno das suas infinitesimais ramificações...O que aconteceu no passado Week-End na Rússia- rotação a prazo no poder do tandem Poutine/Medvedev e a fracassante demissão de Kudrin, o todo-poderoso Ministro da Economia- estão aí para o provar... As burocracias politico-militares no poder tentam consolidar-se fazendo alianças " secretas " em torno da super-exploração de riquezas mineiras autoctones como bóia-de-salvação para os seus regimes anti-democráticos. Parece que Morales, nos seus golden old days, também estava ligado ao cartel dos cultivadores das folhas de Coca...Niet

A.Silva disse...

msp o grande POLICIA/EXTREMINADOR da esquerda não dorme, morales tás tramado!

Niet disse...

Duas mensagenas.1) Estava implicita na minha abordagem ao problema boliviano, que os meus interlocutores sabem que a Bolivia se transformou num Estado petrolífero,com a produção de hidro carbontetos a representar cerca de 15 por cento do PIB anual, para lá do cobre e da coca...
2) BREAKING NEWS. Não tendo a ver com o post do MS.Pereira, deixo uma dica: o António Figueira, o diplomata-escritor do 5 Dias, já não tem o nome no organigrama do ministro Relvas, ministro Adjunto e das Relações com o Parlamento do Governo PSD/CDS. O que, se tudo se confirma,é uma " cacha " de todo o tamanho para o microcosmo rarefeito( e com poucas ideias...) lisboeta, de uma forma geral. Fica a ressalva e o pedido de desculpas antecipado, pois. Salut, MSP! Niet

Miguel Serras Pereira disse...

A. Silva.
que V. não perde ocasião de fazer tristes figuras supondo que me ofende, isso é coisa que aqui toda a gente já sabe.
Ficámos foi sem compreender a sua posição sobre o problema abordado pelo post. Paciência, homem. Não se mace mais a tentar maçar-me, que é perder tempo e só o prejudica - ainda duvida?

msp

viasemfactoslevam75ªconta disse...

Miguel Serras Pereira AUTO-ANALISOU-SE...não perde ocasião de fazer tristes figuras supondo que me ofendE ...OBVIAMENTE OFENDE-SE ISSO É PATENTE


isso é coisa que aqui toda a gente já sabe.ERRADO É COISA VISÍVEL MESMO SEM CONHECER A PESSOA (SE EXISTE) EM CAUSA

Ficámos (USO DO PLURAL, COLECTIVO DE ALMA OU NOBREZA DO VEGETAL SEM CAUSA) foi sem compreender a sua posição sobre o problema abordado pelo post.UM PSEUDO PROBLEMA


Paciência, homem. SE CALHAR É MULHER (EX? RESSABIADA..ETC TAMÉM FUNciona pó outro género

Não se mace mais a tentar maçar-me, que é perder tempo e só o prejudica - ainda duvida?


repetitividade

ameaça velada

e finalmente um ponto de superioridade

viasemfactoslevam75ªconta disse...

Miguel Serras Pereira disse...
A. Silva.

eu sou dono de todas as verdades

senhor da vera fé...

EU eu eu cheira-me a Egomania

Felizme3nte nóis cá num somos desses

apesar de pensarmos que somos mais que um
quando só somos 1/3

viasemfactoslevam75ªconta disse...

"Morales recua (ou seja sugestão de que o recuo é anti-evolutivo


e incrimina (um contra-senso)a polícia

fALTOU-ME EStá tá? disse...

A IDEOLOGIA PIMBA PERSISTE NO TEMPO NENHUMA IDEOLOGIA QUE ASSENTE NA RAZÃO PODE NO TEMPO PERSISTIR
ANDAM ANIMALEJOS VÁRIOS NUMA AZÁFAMA SOBRE O NADA

ACOMPANHANDO O LEITO DO RIO VAZIO DE IDEIAS

SURGE NO MEIO DESTE CRESCENDO DE VAZIOS DENTRO DE VAZIOS

UM ENGENHO DE AÇUDES QUE REPRESAM PSEUDO-IDEIAS E LUGARES COMUNS

ANDAM-LHE À RODA pinheiros E PEREIRAS ALTANEIRAS

DISTRAÍDOS DA SUA VEGETABILIDADE PELO CÉU QUE É SEMPRE AZUL OU AZUR

E SEMPRE LUMINOSO E BELO

CREIO ATÉ QUE FOI NA CRIAÇÃO DO MUNDO QUE ASSI FICARAM AS COISAS

FAZER O QUÊ NÉ....

DIAS DE OUTONO NAS PEDREGOSAS TERRAS DE SEMEADURA

by viasemfactoslevam75ªconta

Miguel Serras Pereira disse...

viasemfactoslevam75ªconta

Quando quiser aparecer com a sobriedade recomendável (e recomendada, entre outros, por Marx), talvez a gente converse. Assim, é inútil insistir: este blogue não serve bebidas alcoólicas. Comprimidos para a ressaca, também não.

As melhoras

msp