30/10/10

Hoje, às 11h00, dizem que no parlamento


(publicado também aqui)

0 comentários: