03/02/15

Os "paralíticos" na Grécia

Algo que criou grande polémica foi as afirmações de José Rodrigues dos Santos de que grande parte dos gregos que passavam em frente do Ministério da Defesa eram paralíticos (ou pelo menos recebiam pensões como tal).

Isso será verdade?

Fazendo buscas no Google por paralytic+Greece não parece haver (pelo menos nas primeira páginas) referências a casos de falsas paralísias; mesmo os artigos encontrados por paralytic+Greece+fraud ou por paralytic+Greece+fake não parecem ter a ver com isso (há muitas referências a falsas cegueiras ou surdezes, mas não a paralisias). Note-se que haver muitas referências não quereria dizer que fosse verdade, mas a aparente inexistência de referências dá a enteder que a história não existem nem sequer como boato.

1 comentários:

Vasco disse...

A paralíticos não sei. Mas a taxistas cegos, é "mato".
Aparentemente era numa ilha e não em Atenas. Mas a especulação é de que se tratasse de situação generalizada.

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/europe/greece/9233670/Greece-tries-to-crack-down-on-fraud-as-mayor-of-Zakynthos-faces-revolt.html

http://www.wsj.com/articles/SB10001424052970203370604577263863362854348

http://www.dnaindia.com/world/report-island-of-the-blind-sheds-light-on-greeces-malady-1682104