08/05/15

Previsão minha

Edição feita às 10:07:

Afinal, tudo o que andei a escrever foi um perfeito disparate - sim, os resultados foram diferentes da previsão, mas porque a vitória conservadora foi ainda mais retumbante, chegando quase de certeza à maioria absoluta.

O meu erro foi raciocinar como se o duelo nacional entre trabalhistas e conservadores equivalesse a um conjunto de duelos locais entre trabalhistas e conservadores em cada círculo, e logo pensei "com estes resultados, como é que os conservadores vão ganhar uma porção de lugares aos trabalhistas? Impossível!"; realmente, talvez os conservadores não tenha, ganho muitos lugares aos trabalhistas (dá-me, aliás, a impressão que até foram os trabalhistas que ganharam lugares aos conservadores); mas os trabalhistas perderem lugares para o SNP e os conservadores ganharam lugares aos liberais, o que em termos de efeito agregado nacional foi dar quase ao mesmo.

Post original:

[Previsão] Feita às 01:22.

Os resultados das eleições britânicas vão ser muito diferentes da previsão da BBC.

O meu raciocinio - nos círculos em que já há resultados, em quase todos os Trabalhistas estão a subir (em compraração com a última eleição) mais que os Conservadores - ou estão mesmo os Trabalhistas a subir e os Conservadores a descer.

Com este panorama inicial, onde é que os Conservadores vão ganhar aqueles deputados todos?

Editado:

Às 3:01, em termos de resultados anunciados pela BBC, a coligação ainda não conquistou circulo nenhum (além dos que já tinha) - o único lugar que os Conservadores ganharam foi aos Liberais Democratas

2 comentários:

Marta Azevedo disse...

Escrevo um pouco mais tarde, mas o que se vê é que é, ao contrário do que as sondagens sugeriam, alguma da oscilação que se esperava que beneficiasse os trabalhistas está a beneficiar os conservadores. Já aconteceu em alguns círculos (Nuneaton é um bom exemplo dos ditos círculos decisivos que os trabalhistas precisavam de garantir para ganhar e que ficou na mão dos conservadores.). Para não falar dos votos que foram para o SNP, de novo sobretudo dos trabalhistas.

É provável que o tombo seja ligeiramente mais suave, mas não o suficiente para impedir os Conservadores de se aliarem aos Liberais ou ao DUP para a maioria.

jose guinote disse...

Os resultados em termos de votos não nos ajudam a perceber os resultados em número de eleitos. Este sistema é muito injusto. De qualquer dos modos o partido com mais votos - uma diferença importante para os Trabalhistas - foram os conservadores. Mas depois há distorsões completamente absurdas.

http://www.bbc.com/news/election/2015/results