27/07/11

Regra nº 1 para as ditaduras - não se metam com os vendedores de fruta

Bussines Insider:
Today's outbreak of Chinese unrest took place in Anshun in Guizhou, after officials apparently beat to death a disabled fruit vendor.

Thousands of people gathered on the street, throwing stones at police and turning over a government vehicle, according to Reuters. 30 protesters and 10 police officers were injured in the unrest.

4 comentários:

Banda in barbar disse...

num país onde 100 milhões são membros do partido

e 600 milhões são da família

é quanto muito uma autocracia familiar

quanto muito um pater familiae estatizado

é sempre preferível a algumas democracias da zona

antes o paternalismo chinês
que a democracia hindu

sempre se vive e morre melhor

pequeno gafanhoto disse...

Ou de peixe. Bastam três vendedoras de chicharro e faneca do Bolhão para fazer cair o governo chinês.

samuel disse...

Que pena que no tempo dos meus vinte e poucos anos, com o 25 de Abril ainda fresquinho, os amigos do Durão Barroso, da Ana Gomes, do Saldanha Sanches e da sua Mizé (etc., etc., que a lista seria extensa) que visitavam o nosso "comunitário" não saberem ainda destas idiossincrasias chinas. Tinham-se poupado tantas e tantas horas de conversas parvas para nos convencerem das maravilhas do Mao...
Dava para rir um bom pedaço... mas o mais das vezes era tão chato!!!

LOUVA A GREVE PERMANENTE EM DEUS disse...

a China terá 1400 ou 1500 milhões daqui a poucas décadas

a democracia hindu terá 1600 milhões

a Nigéria talvez 300 milhões

um garrafão de 20 litros vende-se a 3 e 4 pesos na cidade do México
essa democracia esfuziante

quando chegar aos 20 pesos é capaz da democracia ser igual à chinesa
por enquanto a polícia e o exército só chacinam a arraia miúda do crime mal armado e mal organizado

e só extorque aqueles vendedores de rua logo revoluções de vendedores ambulantes nunca duram

em mundos superpovoados