14/07/11

Revoluções e Contra-Revoluções Francesas

Mortos durante o "Terror" (1793-94) - provavelmente 40 mil em  11 meses

Execuções sumárias após a Comuna de París ter sido esmagada por Versalhes (1871) - provavelmente 20 mil numa semana

8 comentários:

Anónimo disse...

" A grande luta de que a Comuna é um momento continua( se bem que as suas condições sejam agora diferentes).No que se refere ao tornar conscientes as tendências inconscientes da Comuna ( Engels), a última palavra está longe de ter sido pronunciada.(...) Observamos na sua prática a grande tentativa de destruição do poder hierárquico, a práxis inteiramente subversiva desmascarando para o destruir o mundo existente e substituindo-o por um outro, um mundo novo, tangível, sensível e transparente. Momento único até hoje da Revolução Total ". in " La proclamation de la Commune ", Henri Lefebvre,1965. Niet

gogol de kapote disse...

só a repressão contra os chouans e outros revoltosos e pseudo revoltosos
matou mais de 20 mil até ao Inverno de 93/94
o exército que chegou a ter mais de 40 ou 50.000 homens foi criado para limpar a região

o Exército revolucionário quando ocupou Saumur fuzilou e enforcou mais de mil e os chouans também fizeram os seus massacres

além disso devido às requisições para alimentar Paris os camponeses de outras regiões também tiveram revoltas de menor grau

o exército da vendeia ultrapassado em Le Mans e Savenay pelo exército republicano também sofreu muitas baixas

resumindo o terror e o contra-terror devem ter feito muito mais do que 100 mil defuntos em 93/94

gogol de kapote disse...

essai sur les guerres civiles de france

suite de la HENRIADE

TRENTE mille hommes moururent de faim dans l'espace d'un mois

les malheureux citoyens pressés par la famine

les soldats vendissent en particuler toutes fortes de provisions à la ville

aux citoyens qui leur jetaient de l'argent de leurs ramparts

plusieurs officiers troquaient un
aloyau por une petite fille

Dissertation sur la vie 1882 disse...

logo em épocas em que a fome e a doença matavam mais que os fuzilamentos

fazer cifras de mortos

nas cadeias de Paris aux hommes en place 3 de cada 10 ,morceaux de vie comme d'un spectacle ,comme d'une tragédie já não necessitavam de pelotão de fuzilamento

E note-se no plágio evidente disse...

desta publication sobre os communards

e outra dissertação com quase 150 anos de distança

Le Bon Roi Henri

Dissertation sur la mort
depois da henriada

em 22 linhas 7 linhas e termos vários aproveitados pelo autor do texticulo de 82

embora a dissertação do dito cujo
não fale sobre prisioneiros e seja mais generalista

mas o começo é igual

La plus horrible accident qui foit jamais arrivé en Paris (europe no original) a produit les plus odieuses conjectures.

Baygon mata mais disse...

Portanto se querem matar franceses à la semaine ou au mois

eu cá consigo matar mais

em quelque revolution ou revolta

Alguém viu ai uns 20 mil defuntos disse...

algures perdi um comentário

com 20 mil mortos e um plágio dentro

tinha umas 10 linhas paciência

é hora de largar a net e oubir o ministro da economia ou finanças

mikado tá lixado disse...

só na somália e etíopes adjacentes devem morrer uns 300 a 500 mil nos próximos meses

se o

E de repente a pobre criança sentiu uma enorme e sufocante vontade de chorar.


Alphonse Daudet, Sapho, Publicações D. Quixote, 2007, tradução de Miguel Serras Pereira

é tradutor ...o ké que ua gente será?