05/01/11

És um cobarde mas é o meu capanga que trata desses assuntos directamente que eu não tenho tomates para isso

Se Cavaco quer acusar Alegre de cobardia, talvez não seja má ideia fazê-lo directamente e não através de um porta-voz, que é para o poeta não vir dizer que cobarde é o Cavaco porque nem sequer é capaz de dizer o que dele pensa através da sua própria voz. Enfim, esta merda da campanha para as eleições presidenciais está a confirmar o que já previa: não votarei nem em Cavaco nem em Alegre na primeira volta e não votarei em Cavaco na segunda volta. Só espero que o Defensor de Moura tenha menos de um por cento que é para que o meu voto no senhor não adquirir subitamente mais importância do que a que prevejo: servirá para o senhor superar alguém lá na sua concelhia de Viana, contribuirá para uma hipótese de segunda volta e não afagará os egos de Alegre, Nobre ou Lopes.

16 comentários:

xatoo disse...

à pala do eleitor não comparecer contra Cavaco, a grande Múmia neocon ainda acaba eleita à primeira volta por um cagagésimo de voto (com um qualquer carnaval legal à mistura, bem à la yankee, qualquer coisa parecida com o Bush em 2000)

Zé Neves disse...

xatoo, eu vou votar no defensor na primeira volta.

Anónimo disse...

É isso mesmo, vendo bem, vendo bem, o Zé Neves foi sempre um xuxa. Pelo menos é um voto razoavelmente honesto. Só não o é inteiramente, porque disfarça a adesão e identificação com o conteúdo dessa candidatura com considerações de forma sobre o actual processo eleitoral e os restantes candidatos. Não vale a pena andar a enganar ninguém. Defensor de Moura está muito bem, é mesmo o apropriado para a pequena-burguesia envergonhada com as suas verdadeiras opções de classe.

Miguel Serras Pereira disse...

Anónimo das 21 e 42,
e se, para variar um bocadinho, V. lesse o que o grande camarada Zé Neves escreve sobre a candidatura de DM e as razões por que tenciona votar DM na primeira volta?
Mas, deixando isso de parte, fiquei curioso de saber de que grupo ou fracções de classe são, em seu entender, candidatos adequados Francisco Lopes, Fernando Nobre e Manuel Alegre. Não poderá fazer-nos o favor de nos dar a conhecer a sua análise em termos de classes sociais de cada uma das candidaturas em presença?

Antecipadamente deslumbrado

msp

Zé Neves disse...

grande-burguesia, meu caro, grande-burguesia.

Fernando disse...

Defensor Moura votou o orçamento de estado e os pec´s. Alegre disse que este orçamento é "o menos mal". Não lhe parece que devemos condenar (não lhes dando pelo menos o nosso voto) quem apoia estas políticas? Apenas Nobre disse que vetaria este orçamento porque é muito mal.

LOUVA A GREVE PERMANENTE EM DEUS disse...

Zé Neves disse...
, eu vou votar no defensor xatoo na primeira volta.

é dos melhorzitos na mediocridade geral

e vai haver segunda?

santa fé

e agora a luta parece ser grande burguesia pequena burguesia

faz sentido num país de funcionários

cadê o operariado

num vem que não tem, sô

Dédé disse...

Para já desde que não votem no Cavaco, e votem em alguém claro.

Cavaco, Madoff, o sr. Picower e a viúva dele.

LAM disse...

Como Zé Neves, também o meu voto (porque vou votar), vai ter a lucidez do momento em que pegar na esferográfica, nem que seja no maluco da Madeira. E, como a ideia é ajudar a uma 2ª volta, irá cair no que no momento considere mais inócuo. Até lá ainda só sei em quem não voto.

Zé Neves disse...

"irá cair no que no momento considere mais inócuo"

é como diz o LAM.

abç

Bruno Carvalho disse...

Grande Zé Neves. Não há nada que aprecie mais do que a coerência. Ainda o vou ver a apelar ao voto no PS.

Anónimo disse...

Ai Zé que chic que moderno, sei lá.
Votar no Defensor de Moura!
@ bruno Que eu saiba o Defensor de Moura é do PS, portanto...

Sofia

Anónimo disse...

ai sofia,
que votar francisco lopes é quase quase votar num cavaco vermelhinho...

Zé Neves disse...

bruno carvalho,

o candidato apoiado pelo Ps, como o Francisco Lopes não se cansa de dizer (e você deveria ouvir o homem) é o Alegre.

votar no defensor de moura é o único modo que eu tenho de votar contra o CAvaco sem votar no candidato do governo e no candidato que corporiza as tendências mais autoritárias que existem no PCP. É o voto no menos representativo dos candidatos (embora também seja de considera o reaccionário da madeira).

quanto a ver-me a votar no ps, pode aguardar sentado; e entretanto olhar para não sei quantos seus ex-camaradas, todos eles sempre prontos, no tempo em que eram militantes do PCP, a dizer que ainda iam ver não sei quem a votar no PS.

Bruno Carvalho disse...

Pois, não estás numa boa posição para falar, Zé Neves. Eu estou deste lado. Tu é que saíste. Não venhas agora maltratar os que como tu saltaram do barco.

Anónimo disse...

Esperar sentado para ver o Zé Neves votar no PS? Não sei, nestas eleições presidenciais não foi preciso esperar muito para vê-lo votar no socialista Defensor de Moura.

É a "insubordinação anticapitalista" zéneveana: por um capitalismo rosa (linha Defensor de Moura).