29/05/11

"Fernanda Câncio e os malefícios do alcoolismo"

Aquilo até parece ser água. Nem é dela. E, a bem da verdade, o fotógrafo é que deve ter ingerido uns valentes copos. Mas um post com este título não seria muito diferente da última incursão da mlle. Câncio nos domínios da manipulação, da mentira e da demagogia barata.

32 comentários:

Anónimo disse...

não acho piada a isto; e acho que, por mais que se discorde do post da fernanda cancio, não tem nada a ver o que lá é feito com esta coisa aqui. acho que esta imagem devia ser retirada.

maradona

Miguel Serras Pereira disse...

Curioso, Maradona. Eu também não achei graça ao post da FC, mas não me passou pela cabeça pedir-lhe que o retirasse. Devo estar a ficar menos fracturante com a idade. Mas invejo o radicalismo, Maradona, do seu remate - é pena ter saído tão ao lado.

Homenagens temperadas

msp

Anónimo disse...

acho que não há necessidade de mostrar pessoas em momentos privados, como é o caso.

maradona

Luis Rainha disse...

Esta imagem está afixada de forma pública.

Miguel Serras Pereira disse...

Não me parece, Maradona, que haja propriamente violação da intimidade na imagem que o meu preclaro camarada Luís Rainha publica aqui - além de que é necessário ter em conta a não despicienda legenda com que a completa.

msp

Anónimo disse...

se assim é, já cá não está quem falou; mas não tem nada esse aspecto: não se compreende, por exmeplo, a barra preta nos olhos.

Luis Rainha disse...

A barra preta é uma pequena graça; em honra precisamente aos teus augustos escrúpulos.

Anónimo disse...

se a foto é pública, a barra preta é uma sacanice, e não uma homenagem aos meus escrúpulos, os quais, nestas merdas, são o que são, mesmo que sejam augustos. não me consigo escandalizar muito com a maior parte dos chamados ataques pessoais, por exemplo, mas acho que quando se trata da imagem das pessoas ou de aspectos da sua vida privada (estar sentado á mesa de um restaurante parece-me um caso obvio desses), deveria haver censura. há tanta maneira de ofender, gozar, atacar pessoalmente as pessoas, que não vejo necessidade disto.

maradona

Luis Rainha disse...

Isso acerca da barra não faz qualquer espécie de sentido. E não vejo o problema de a imagem ter sido capturada num restaurante, se a própria a tornou pública. Sacanice? Só na tua cabeça, mesmo.

Anónimo disse...

há uma coisa que não faz sentido a montante da minha: porquê que é que te deste ao trabalho de colocar uma barra preta se a imagem é publica por vontade da protagonista. mas sim, isto tudo não faz muito sentido, e está a dar os globos de ouro

Anónimo disse...

esta merda não assina automaticamente, mas dá para perceber

maradona

Luis Rainha disse...

Volto a repetir: não roubei a imagem, ela é de acesso público. A barra é uma brincadeira; que ainda estou para perceber porque será uma sacanice.
E que me dizes de alguém que fotografa o lixo alheio e o expõe, insinuando que é um retrato cabal do sítio onde aquelas pessoas estão a viver? Isso já não te parece "sacanice"?

ava n'tesma disse...

de má go GIA só in Argel

sestdiena, 2011. gada 28. maijs
A QUEDA DO IMPÉRIO ROMENO? AS LEGIÕES PARTIDÁRIAS MARCHAM MARCHAM E TRAZEM CADA VEZ MAIS MERCENÁRIOS
O IMPÉRIO DOS INSENSATOS NÃO FOI PLANEADO

ACONTECEU SIMPLESMENTE POR ACASO

BANDOS DE MERCENÁRIOS RESOLVERAM TOMAR O PODER

E O POVO TENTOU ARRANJAR CIRCO E PÃO

ava n'tesma disse...

14 para dar sorte ao azar nacional

enquanto os gregos correrem à frente do pelotão

ainda vamos lambendo algumas sobras

não vão para França que a seca tá metendo o pessoal da apanha de fruta na chômage

Ricardo disse...

Maradona, o teu mal é falta de sexo. Vê lá se vais passar uma noite ao Rossio e até pode ser que tenhas sorte,

Anónimo disse...

resposta ao luis rainha 22:29

não, não me parece uma sacanice a foto da fernanda cancio; eles estão numa actividade publica, e que aliás eles acham que deve ser ainda mais publica do que é. o lixo é uma fotografia do lixo. milhares de vezes me fotografaram o lixo e a destruição das claques de futebol e nunca me passou pela cabeça afender-me em nome do futebol. a acampada e as assebleias populares não devem ser tratadas com qualquer especie de amizade especial, ou com qualquer recolhimento da agressividade que eventualmente se sentir por elas. num famoso Portugalmente (aquele programa da RTP 2 do luis osorio) foram a uma festa dos tios de cascais fazer perguntas de cultura geral, e o riso que provocou a soberba ignorancia daqueka gentinha não escandalizou ninguém; noutro sentido, existe agora um programa chamado a LIga dos Ultimos que ridiculariza documentalmente o mundo do futebol e do povo dos escalões inferiores, e não passa na cabeça de ninguém sentir-se ofendido. por fim: se a foto que puseste da fernanda cancio é publica, já disse que não veria nenhum problema, como cheguei a admitir. a parte da barra é só uma brincadeira que não compreendo, e por isso levei para o lado menos, sei lá, para o lado mais, vamos lá, preverso. não vale a pena sair daqui.

maradona

Luis Rainha disse...

O problema do post da Câncio, como percebeste perfeitamente, não é a foto em si, nem o facto de mostrar lixo. É insinuar que aquilo é representativo de todo o habitat do acampamento. Imagina uma foto do teu caixote do lixo acompanhado de uma legenda que rezasse: "vejam bem como este gajo vive no meio da imundície"...

Anónimo disse...

oh por deus! utra vez? mas esse tipo de sacanices não se faz em todo o lado a todo o momento? nos dois exemplos que dei? a liga dos ultimos só mostra a parte ridicula das distritais de futebol, não mostra as dezenas de milhar de miudos que jogam à bola 3 vezes por semana em vez de andarem não sei por onde, não mostra os presidentes de clubes que com esforço e dedicação colocam clubes a funcionar e a servir de desporto gente que nunca o praticaria se não fosse a carolice deles; e as entrevistas às festas de cascais? aquela ignorancia foi filtrada para eles parecerem todos assim, ou os tios de cascais são mesmo todos atrasados mentais? por deus, por deus. isto é tão simples. cada um retira dos fenomenos aquilo que acha que mais o representa; se eu, por hipótese, acho que o que mais ressalta daquelas reuniões é a javardice (porque, por exemplo, não valorizo a participação popular de rua), porque é que é sacanice mostrar só a parte que onfirma o meu preconceito geral? é a vida em liberdade de critica politica e assim isso assim, foda-se, não é "sacanice". quando um gajo caricatura o CDS, não o stá a fazer parcialmente, afundando nos aspectos mais grotescos daquela organização detestavel, sei lá, uma quantidade de gente decente? por deus!

maradona

Luis Rainha disse...

Portanto, o teu argumento é: se alguém faz, bute lá todos, que agora tudo é fixe.
Os exemplos que apresentas parecem-me todos bons (e a merecer crítica atempada, se calhar); mas não tiveram origem em personagens que gostam de se armar em paladinos da Verdade, da Decência e de Muitas Outras Coisas com Letra Grande.

Numa coisa tens razão, no entanto: isto já está a implicar um gasto de energia excessivo.

Anónimo disse...

custa-me, mas depois de ouvir a argumentação sinto-me tentado a concordar com o rabeta do maradona.
mas pelas mesmas razões tb não encontro nada de especialmente grave no post do Rainha.
ao fim ao cabo, e como já dizia um comentador(a) do post da cancio em questão: a imagem e a legenda não dizem nada acerca do que se passa no rossio, mas dizem muito acerca da fernanda cancio.

spoooon disse...

maradona, por toutatis, há coisas que são intuitivas, mas, ainda assim, passo a explicar: tu podes dizer o que quiseres, porque és humorista. Os preconceitos ficam-te bem. A Fernanda Câncio não estava a fazer humor. Se bem, que já me ri muito mais com aquele posto do que, pronto, contigo.

joão viegas disse...

Ola,

Eu gosto de pôr todos de acordo, como sabem e, para rematar (?), apenas farei uma observação que, por acaso, coincide a 100% com a verdade dos factos, e é assim :

Eu so percebi a piada do post (bom, quer dizer, acho que percebi) depois de ler a conversa com o Maradona.

Mas agora que percebi (cf. supra), acho que é muito boa (a piada, o post, o dialogo, etc. o feminino é homenagem à FC).

Ahahahaha !

joão viegas disse...

PS : Não sei se o Maradona ainda esta a ler mas parece-me obvio que, ainda que ele admitisse não ter topado à primeira que aquilo que se vê é mesmo agua, e que o post não diz outra coisa, ele NUNCA o confessaria, pois não ?

Precisely the point...

Ricardo Noronha disse...

Só mesmo um jogador de futebol medíocre como o Maradona para achar que a liga dos últimos ridiculariza o futebol.

Anónimo disse...

ricardo noronha:

não terei o seu genio, mas também não me aventuro; você, que se auto considera não mediocre, deveria ter percebido a ideia que um ser mais simples que você tentou transmitir, com as limitações que você pelos vistos considera não possuir, decorrendo daqui que teria também a obrigação, pelo menos por compaixão com um seu inferior, de ter descontado e compreendido.

(agora, nao sei de onde, saiu-me este dançarino da area de wernicke, mas adiante ao esclarecimento, que pelo vistos quando se está para lá de genio não compreendem merdas simples)

quando se mostra um adepto do Patacuinhas de cima, bebado, desdentado, a dançar o vira, a falar enrolado e a cuspir para a camara está-se a mostrar um lado do futebol que lhe é triste, infeliz e, sim, ridiculo. (aliás, o futre é uma pessoa ridicula). são pessoas que não estão na posse dos motivos e razões porque são alvo de atenção de quem os confronta, que não estão no pleno controlo (ou conhecimento) da imagem que projectam, do discurso que provocam nos outros.

o programa liga dos ultimos, em si, é uma homenagem ao futebol (e possivelmente uma homenagem bonita), mas não se precisa cagar todo o zizek (ver referencia aos prgramas o michael palin) para se perceber que as pessoas que fazem o maior sucesso do liga dos ultimos são, sim, as ridículas, sem aspas ou condescendecia.

ora, a minha referencia à documentação do ridiculo era unicamente para fazer a analogia com a fotorafia do lixo da acampada, nunca para dizer que o programa ridicularizava o futebol, como aliás (tambem considero) a fotografia do lixo não prejudica substancialmnte outros meritos que a acampada e aquelas merdas democraticas tenham.

agora, se me dá licença, o miguel noronha, depois de se armar em ser profundo e complexo, que me faça um favor: vá chatear outras putas

maradona
fernando

Anónimo disse...

Boa Luis, é esse o caminho. Agora, só esperar que alguém não arranje uma foto tua mais "comprometedora" que esta..

Anónimo disse...

O Maradona verdadeiro... praticamente também só pensava com os pés. :-)))

Ricardo Noronha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo Noronha disse...

Voltas a chamar-me Miguel Noronha e dou-te com um livro da Fernanda Câncio na cabeça.
Não te armes em lamechas tótó porque quem lê as barbaridades (óptimas, diga-se de passagem) que tu escreves não vai nessas cantigas nem acredita na tua putativa humildade.
De resto, eu estava a falar das tuas qualidades futebolísticas e não de outras quaisquer. O Futre não é ridículo, tu é que és ridículo quando dizes que ele é ridículo. E o mesmo vai para a liga dos últimos. Aliás, faço o desafio: pomos lado a lado os globos de ouro e dois episódios da liga dos últimos e veremos qual das classes sociais sai mais ridicularizada.

spooooon disse...

"o programa liga dos ultimos, em si, é uma homenagem ao futebol (e possivelmente uma homenagem bonita)"

Hahaha, que fofinho. A gente não pode ofender os pobrezinhos, a gente tem de tratar os pobrezinhos com mil cuidados. É uma homenagem sim, quiduchos, é sim. Ninguém está a gozar, não.

Anónimo disse...

este post é um bocado ridiculo. acho horrivel, como diz o maradona, esta montagem fotográfica. e acho que cada um tem direito a fotografar os acontecimentos que vê como lhe apetecer. realmente é preciso ser muito sensivel para ficar incomodado com aquela imagem...muito mais vergonhosos do que a fotografia do lixo são os videos oficiais da acampada e das assembleias. mostram bem o vazio ideológico, a mesquinhice, a falta de entendimento que ali se viveu. Cá para mim só quem lá esteve acampado é que conseguiu mesmo, mesmo sentir como foi "especial".

Rita Delille

Rita Delille disse...

se a fernanda câncio escrevesse um texto a explicar o que tinha visto no Rossio, dando especial ênfoque ao acumular de tralha porque aquilo lhe tinha chamado a atenção acho que não haveria tanta gente enervadinha. era, a bem da verdade, uma opinião e seria entendida como tal recebendo de certeza opiniões contrárias e talvez até odiosas. mas tenho a certeza que não seria acusada de má fé e de manipulação da verdade, etc. o que acontece é que não estão a atingir que a fotografia é também uma linguagem que permite emitir uma opinião. e foi so isso. não é por ter tirado esta fotografia que a fernanda câncio deve ser acusada de vil manipuladora do real. as pessoas têm direito a ver e parece que algumas pessoas têm que aprender a lidar com isso. quanto a argumentos como "e se eu fosse lá a casa fotografar-te a retrete"...quer dizer, isso é mesmo aquela coisa fácil de se dizer quando se quer à força impingir um argumento que não tem grande consistência. Se eu deixasse alguém vir a minha casa ou se a minha casa fosse espaço público eu permitiria a quem quisesse ter o olhar que quisesse sobre a mesma. Mas isso sou eu que, apesar de tudo, tenho um minimo de convicção na forma como eu própria vejo a minha casa...se é que me faço entender.