26/03/11

Dilema eleitoral

Sim, é possível que esta sondagem esteja a sobrestimar o nível actual de apoio ao PSD. Mas, a tendência dificilmente é fictícia: tomando como correcta a caracterização que o Zé Neves faz do PS, a substancial subida do PSD e estagnação de CDU e BE, relativamente ao apoio que obtiveram nas eleições legislativas de 2009, sugere que o eleitorado de centro que habitualmente vota PS transferiu-se em massa para o PSD, enquanto que os eleitores de esquerda que em regra votam PS mantêm o seu apoio a este partido. A confirmar-se nas próximas eleições, esta situação só poderá ter uma leitura pós-eleitoral para os dirigentes do PS: temos de tornar as nossas politicas aindas mais centristas, para mais facilmente re-obter o apoio eleitoral perdido, até porque os nossos eleitores de esquerda parecem aceitar resignadamente qualquer política por nós defendida. Este último eleitorado estará, portanto, perante um dilema nas próximas eleições: se mantiver o seu apoio ao PS estará efectivamente a empurrar as políticas do partido para a Direita. Por isso, deixo desde já um apelo para que avaliem muito bem as consequências do vosso voto. Ele será determinante na atitude que o PS tomará perante um governo PSD+/-CDS.

5 comentários:

LOUVA A GREVE PERMANENTE EM DEUS disse...

a da abstenção seguramente está....

Anónimo disse...

Bem visto!

Anónimo disse...

Greve dos Eleitores

Só a «greve dos eleitores», de que falava Octave Mirbeau, nos poderia resolver o impasse em que estão as elites. Pois qualquer ilusão sobre um PS de «esquerda», mas que sempre fez as políticas do Capital, só nos leva a este rotativismo podre que temos desde 1975. Há sempre a possibilidade da inversão deste caminho, e da mudança social, se voltarem a decidir nas ruas. Para isso basta que o Povo volte à história, substituindo os rebanhos de carneiros a caminho do sacrifício...

Anónimo disse...

Eu estava disposto a votar BE se demonstrassem a intenção e disponibilidade para governar.

Votos só para ter muita boa gente a fazer belos discursos...nao obrigado.

miguel

Banda in barbar disse...

estava disposto a votar BE se demonstrassem a intenção e disponibilidade para governar

se nem o PS e o PSD conseguiram governar este país

e...pois

Dilema eleitoral

é mais vai-se votar em quem e porquê?

e para quê?

estabilidade...impossível

instabilidade...para isso não vale a pena votar